terça-feira, junho 28, 2005

O Faz Tudo e o pessimismo




O Faz Tudo escuta as pessoas, com atenção e vai tirando as suas ilações.


Por outro lado, vai lendo as notícias nos jornais.


Para ficar ainda melhor informado, vai tentando escutar os nossos "patrões" quando falam, de peito inchado como os pombos quando no engate, na TV.


E é então aí que concluiu!


O País está feito num oito, ou se preferirem, num autêntico nó cego!


Segundo as sondagens, relativamente à retoma económica do País, 88,8% do pessoal está desiludido! e não acredita nela tão cedo!
Segundo as sondagens, relativamente a haver melhorias nos orçamentos familiares, 83,3% do pessoal está pessimista! e este termo é só apelido!


Ainda gostava de saber onde isto tudo vai parar!


O Governo aponta para, com o aumento dos impostos (IVA,ISP,IT), recolher mais 30 mil milhões de euros!


Gostava o Faz Tudo de no fim do ano poder ir contar essa massa!
Se conseguirem metade... que bom que vai ser!


Quanto mais altos os impostos, maior a fuga!
Quanto mais caras as coisas estiverem, menor o consumo!


O Faz Tudo tem um escritório que é um autêntico barómetro da situação económica em geral e como tal está habilitado, por experiência, a falar de cátedra!


Assim não vão lá!


O desemprego aumenta todos os dias! (ok! já sabemos que daqui a uns "pouquissímos" anos os "patrões" já empregaram 220.000 desgraçados!).


Se não fora pensar na sua descendência, o Faz Tudo tinha passado e continuaria a passar uns dias soberbos de gozo, hilareantes, desopiladores do figado e o mais possível anti-stress, com esta esquizofrénica economia!
Como assim não é, sente mal!


Infelizmente, vê com muita apreensão o futuro da sua prole!


Joguem no Euromilhões!


E façam o favor de tentarem ser felizes!

2 comentários:

Choninha disse...

Ó do escritório! Veja lá se passa pelo omanual.blogspot.com, só para descansar um pouco das politiquices. Os portugueses apanharam esse virus maldito, do pessimismo, e não há "Sócras" que nos valha.O pior é que as viroses não podem ser tratadas com antibióticos. Tem que se deixar andar e confiar na cura total, sem sequelas... Beijo meu...

JMC disse...

Aqui o teu amigo CONCORDA 100% contigo e ipso facto com os 88, qualquer coisa que comungam da opinião que isto não vai a lado nehum.Isto mon cher ami está mali mali mali.A questão dos impostos é e será flagrante. Faz-me lembrar o chico esperto que tinha um produto que vendia muito bem. No dia que aumentou o preço deixou de vender...Eheheh. E agóra que ninguém vai preso por cheques sem cobertura...è de loucos.
Saudações ornitófilas
JMC

Free counter and web stats