sábado, setembro 24, 2005

O Faz Tudo e a maneira de falar português 2



Sem mais comentários, o Faz tudo, remete para o seu post de 30/08/2005, subordinado ao mesmo título.
Limita-se a transcrever a declaração feita ontem, pelo próprio Manuel Alegre:
"Em nome dos valores republicanos da liberdade e da igualdade quero estar aqui em Janeiro como candidato à Presidência da República para derrotar Cavaco Silva nas eleições presidenciais."

3 comentários:

Biblio Scalalis disse...

Os ratos invadiram a cidade
povoaram as casas os ratos roeram
o coração das gentes.
Cada homem traz um rato na alma.
Na rua os ratos roeram a vida.
É proibido não ser rato.

Canto na toca. E sou um homem.
Os ratos não tiveram tempo de roer-me
os ratos não podem roer um homem
que grita não aos ratos.

(Variações sobre
O POEMA POUCO ORIGINAL DO MEDO
de Alexandre ONeill/Manuel Alegre)

grzl disse...

vês como tinhas razão?
um abraço
graziela

Jorge disse...

Só ganha se vier com os amigos de Argel, mais a guita que empalmou na rádio.
Depois, há quem diga por aí que o dito poeta, depois de desertar de Angola foi bufar aos outros onde se acolitava o inimigo portuga!!!
Isto não se faz!!!

Free counter and web stats