sexta-feira, dezembro 23, 2005

O Faz Tudo e os nossos "nós"



Somos um somatório de muitos "nós" (há quem lhes chame "eus").

Ao longo da vida, provavelmente a começar na barriga da Mãe, começamos a criar o primeiro.

Depois vêm os conhecimentos.

Vão-se formando, moldando, formatando, alterando por vezes pequenas partes da nossa sui genneris maneira de enfrentar os mais diversos problemas ou desafios do quotidiano.

Somos como as árvores que mantendo sempre a mesma raiz, vai crescendo, abrindo as copas às mais variadas solicitudes da vida.

Na ramagem da nossa árvore, lá estão a nossa família, os amigos, os conhecidos e o conhecimento.

Todos nos fazem pensar e deliberar sobre quais os caminhos a percorrer.

Aparecem-nos caminhos tortuosos, salpicados aqui e ali de auto-estradas livres e abertas, com indicações precisas da direcção a tomar; mas aqueles, quantas vezes nos fazem abanar as folhas, qual vento forte e gélido que se não tivermos a raiz solidamente enterrada e viva, nos fará cair à primeira, na esparrela duma má informação, opinião ou conselho!

Há ventos que o fazem por maldade, morbidez ou vontade de nos destruir a alma.

Outros há que nos levam voando com paz, amor e muita amizade.

Mascarados, há-os aos pontapés, quais querubins falsos que só se deleitam com as más opções, pelos outros, tomadas.

O mais profundo desejo é que as folhas podres caiam e permitam assim que as viçosas, as boas, cresçam, nos ensinem, nos orientem e nos tragam mais "nós", para dentro de nós.

6 comentários:

Kraak/Peixinho disse...

Offpost: Natal não são só compras, não são só luzes a brilhar, não são jingles no ar nem correrias atrás de prendas nem sonhos fritos em óleo... Natal é estarmos juntos de quem amamos e recordarmos aqueles de quem sentimos a falta, com amizade e muito amor, e é pensarmos que queremos que todos à nossa volta sejam felizes, mesmo aqueles de quem não gostamos mesmo nada e enchermo-nos de alegria, saudade, tristeza e todas as emoções boas da vida.

Desejo-te amor, saúde e paz nesta Quadra e um Mega 2006!

Hugzz vindos da chaminé

Duarte disse...

Daqui de Arouca votos sinceros de um Bom Natal na companhia da Família e dos Amigos.
Desejo sinceramente que 2006 traga para todos nós muita Paz, Felicidades e Alegrias.
Tudo de bom para ti.
Um abraço de amizade.
Duarte

grzl disse...

o texto está muito bem conseguido, amigo filósofo.concordo inteiramente com ele.
um Natal de Alegria, Paz e Amor para ti e Família.
um abraço
graziela

T. disse...

Olá, Tio!
Tens ajudadado a Libelinha nos preparativos para a ceia de Natal? Quantas nozes partiste? E qantas amêndoas? E quantas avelãs?
Bom, só depois de me responderes a estas simples perguntas é que estarei em condições de te desejar um feliz natal...
Bjs.
T.

T. disse...

Ah! E já agora, aproveito para te recomendar que "mudes" o disco. Gosto muito do Craig Armstrong, mas ouvi-o tanto a tocar o "Space between us" e olha que não me deu muita sorte...
Põe aí uma musiquinha de Natal mais alegre...
Não te esqueças que eu passo por aqui muitas vezes, portanto, mereço um músuca mais alegre! Não é que eu esteja a confundir o teu blog com discos pedidos...
Ah! É verdade e quantas avelãs já partiste?
Bj.
T.
Ah!

Carlos disse...

... oh! t.

...ZERO!

EHEHEHEHEHEHEHEH


xI

Free counter and web stats