sexta-feira, dezembro 30, 2005

O Faz Tudo poeta fingidor 4



CIRCO



Acrobata da

...............vida,

Saltimbanco do

...............dia,

Palhaço do

...............mundo!


A alma

...............penada,

Castigada bem

...............fundo,


Sem dor,

...............deriva!

4 comentários:

Mendes Ferreira disse...

b.e.i.j.o.


nunca fingido....

Carlos disse...

... As prendas que no enconto com o Pai(Mãe) Natal numa rua de Telheiras, o Faz Tudo recebeu, cairam que nem ginjas!
... a famelga agradece!

... por agora ficam tão só os desesjos de um !!! ESPECTACULAR 2006!!!


Xi

T. disse...

Desejo-vos um 2006 cheio das maiores felicidades!
Beijinhos para o Faz Tudo e para Libelinha Grande e para a Libelinha Pequenina!
T.

anatema disse...

Feliz Año Nuevo amigo. Concha.

Free counter and web stats