quinta-feira, janeiro 05, 2006

O Faz Tudo e uma citação




Do livro "Quando Nietzsche chorou", duas frases atribuidas ao próprio, o Faz Tudo, transcreve:

"Os interpretes de textos são sempre desonestos... não intencionalmente é claro, mas não conseguem transcrever o seu próprio contexto. Aliás, nem o seu próprio contexto autobiográfico
".

Dada a importância do conteúdo do transcrito e como ipsis verbis, assim o pensa, não resiste à sua publicação; até porque quantas vezes tem sido mal interpretado por quem lê os posts deste protoplasmático-filósofo que sem veleidades de ensinar seja quem for, apenas orgasmicamente deita cá para fora a sua sui genneris maneira de pensar, julgar, agir, enfim... viver!

Aprendeu há muito na leitura de livros vários que subjectivamente são diferentes os escritos dos dos lidos!

Na própria semântica o significado do significado é variável, não só no contexto do do emissor, como do do receptor!

Atenção, pois!

4 comentários:

Anónimo disse...

Não existe pior desilusão do que conhecer pessoas depois de conhecer os seus escritos...
Pelo menos para mim foi assim.

Desiludido na merda, é o que eu me sinto!

Ana disse...

Olá! :)

eu solo percibo um poco de portugues. Mi amigo Jorge me dijo que talvez tu podrías ayudarme a colocar la fase de la luna en mi blog, así que venía a preguntarte. Espero no te moleste.

Obrigado.

Ana

Carlos disse...

ANA:

escribe para

afaztudo@netcabo.pt

(mi enderezo electronico)

... te respondere subito
ok?

asta lá vista!

T. disse...

E assim se aprende espanhol...

Free counter and web stats