domingo, novembro 06, 2005

O Faz Tudo e ser ou estar só




Há quem seja !
Há quem esteja !
Há quem queira ser !
Há quem queira estar !
Há quem não queira ser e seja!
Há quem queira não estar e esteja!

Há quem lute para não ser !
Há quem lute para não estar só!

Há quem desista de tudo para não ser !

Há quem vá à luta para não estar!

São tudo opções que o Faz Tudo tenta entender!

Tão só!

Aos Solitários por convicção e que o conseguem, parabéns!
Aos Solitários contra vontade ou falta de forças, o pranto sincero!

Hoje não é terça-feira, por isso se atreve a transcrever parte do poema "António" de António Nobre:

"Ao mundo vim, em terça-feira
Um sino ouvia-se dobrar! [...]
Vim a subir pela ladeira
E, numa certa terça-feira
,
Estive já pra me matar."

O Faz Tudo não acredita que esta seja a solução, pois que é contra!
O Faz Tudo acredita na força interior de cada um e obriga-os a pensar, serenamente, no futuro, que à partida, tem forçosamente que ser risonho e obrigatoriamente lutado!

Ser ou estar só... só mesmo por opção!

9 comentários:

Solitário disse...

Faz ideia do que é estar só?....

Carlos disse...

Faz ideia do que é estar só?...

... para "o" solitário:

... não por experiência própria!

... mas as experiências que os anos que a vida já me deu, dá-me para imaginar!

... deve ser bom para quem o é por opção!

... deve ser miserável por quem o é por "imposição"!


Xi

exddn disse...

Muitas vezes o mal não está muito longe de nós mas dentro do nosso coração...vá lá saber-se porquê...

Anónimo disse...

Adorei, apesar de ser um pouco confuso....
Para quem está só é difícil distinguir se é só ou está só, quer ser só ou estar só!
É muito fácil para quem não está só.

O solitário disse...

Como é que pessoas que passam a vida em bando podem falar de solidão.....

Anónimo disse...

Solitário, o facto de uma pessoa andar em bando não faz dela menos solitária. Era bom que fosse assim tão simples..... bandos existem muitos (de pardais à solta)

solitário disse...

Nada é simples na vida muito menos a solidão...pior só a doença ou a morte...

Anónimo disse...

Nada é simples, é certo, e a solidão também não o é. Por "escolha" ou "imposição", acho que nenhuma destas possibilidades ou opções existem realmente, é a vida que escolhe por nós.
Pior que ser só, estar só, sentir-se .... só é mesmo a doença, porque a morte, se for rápida e indolor é uma bênção.

Anónimo disse...

Ser só,estar só,por opção,por imposição,pelas mais diversas razões e circunstâncias da vida,não podem ser vistas,analisadas,comentadas de forma isenta e séria sem se ter realmente experimentado o que isso é ou significa e as razões que lhe são subjacentes.É um pouco como dizer a um pai ou uma mãe perante o cadáver do filho que compreendemos e sentimos perfeitamente o que lhes vai na alma . Nada mais errado , ninguém sente coisa alguma sem verdadeiramente a ter experimentado . Alguém consegue sentir a dor daquele pai ou mãe , sem que o mesmo lhe tivesse sucedido ? Claro que não . Façâmos então o que realmente deve ser feito : se temos por perto alguém verdadeiramente SÓ , aproximemo-nos , saibamos transmitir-lhe que realmente não está só , mostremos-lhe como afinal ele é importante para muita gente , para nós próprios , dêmos-lhe afecto , atenção , carinho, façâmo-lo rir connosco , recordemos-lhe todas as coisas boas que a vida lhe proporcionou e viveu .Saibamos mostrar o que de bom ainda está por vir . Não fiquêmos muito bem instalados no nosso belo sofá a vê-lo murchar a pouco e pouco com o quase único propósito de lhe podermos atribuir o "simpático" e lacónico rótulo de " miserável " .
Parafraseando o escritor e pensador ocorre-me dizer tal como ele, que o analfabeto não é o que não sabe ler .Analfabeto, é aquele que sabendo ler , não lê .
Para bom entendedor , meia palavra basta , certo ?

Um comentador !!!

Free counter and web stats