segunda-feira, novembro 21, 2005

O Faz Tudo e Terras de Viriato



Lá para as bandas das Terras de Viriato, anda tudo num alvoroço!

De facto uma prostituta, crê que de origem Sul-americana, tendo contraído o vírus da Sida, continuou, sabendo-o, a "oferecer" os seus serviços aos clientes.

Cobrava mais aos que exigiam sexo não seguro!

Assim, contaminou com toda a certeza dezenas de homens, quantos deles casados.

Quantas serão as esposas, agora também elas portadoras de HIV?

Quantas destas estariam grávidas com a consequente transmissão ao filhote que nasceu ou está para nascer?

Começou em 1961 a proibição da prostituição, que até aí era vigiada e sujeita a periódicas inspecções médicas!

Passou a ser permitida sem qualquer controlo, punindo apenas aqueles que a promoviam ou facilitavam.

O resultado está à vista!

Doenças sexualmente transmissíveis são aos montes!

A Sida continua a espalhar-se

O fisco não arrecada tostão com o desenvolvimento da dita profissão laboral e liberal.

Ao Faz Tudo repugna-lhe tal actividade!

Contudo tem que reconhecer que com tanta miséria por esse mundo fora, com tanto potencial cliente, seja a maneira de tantas mulheres e homens angariarem algum dinheiro, tantas vezes para conseguirem "algum" para sobreviverem ou para dar de comer aos filhos.

Sabemos que é a mais antiga profissão do mundo.

Não será nunca possível acabar com ela!

Porquê então não a legalizar?

Com as naturais exigências de saúde e fiscalidade?

É um mundo onde cabe tanta gente!
Inculta!
Analfabeta!
Pobre!
Rica!
Culta!
Doente!
Sã!
Bem na vida!
do Jet Set!
Senhores!
Damas!
de quem nunca nos passou pela cabeça!

Acabemos com a hipocrisia e vamos todos dar as mãos a quem dela precisa!

Quando não se pode combater o inimigo, temos que a ele nos juntar!

Com regras!

Com coração!

Com pena!

A bem de todos!

3 comentários:

grzl disse...

até me chateia, estar sempre yes man yes man, mas de facto, eu concordo contigo inteiramente.
um abraço
graziela

Maria Papoila disse...

É a velha mania de tentar tapar o sol com a peneira... Se não é legal, é porque não existe.

Choninha disse...

Este é um caso que veio nos media, mas quantos e quantos e quantos se repetem ad eternum?

A ingenuidade das pessoas que julgam as outras pela imagem e não se preocupam em usar precauções; para quê: 1º só acontece aos outros e depois com tão bom aspecto será de facto portador(a) de qualquer doença???

Tive duas amigas, que o tempo e a vida foi afastando, lindíssimas, bem feitas, jovens. Eram seropositivas. Não sei que será feito delas. Espero que continuem apenas seropositivas...

Free counter and web stats